A Fernave no âmbito da sua metodologia formativa, privilegia a articulação entre a teoria e a prática, procurando sempre que oportuno, realizar visitas aos locais de trabalho que permitem, no caso da formação no âmbito da tração, observar o material circulante, as práticas e, aferir a articulação entre operação e manutenção ferroviária, enquanto sistema cujo bom funcionamento permite assegurar a segurança. Assim, as oficinas da EMEF seja de Campolide, Contumil ou Entroncamento, recebem com frequência formandos das ações formação. Desta vez, as oficinas de manutenção do Barreiro tiveram a visita de mais um grupo de maquinistas em formação de condução da locomotiva 1400. A EMEF voltou a receber-nos de braços abertos! Obrigado.