A área da segurança ferroviária, em contexto de obra, continua com elevada procura face ao dinamismo dos projetos de construção e renovação da infraestrutura ferroviária, envolvendo a realização de cursos de Segurança Ferroviária para Técnicos e para Chefias Intermédias, com vista à obtenção de competências específicas por parte dos profissionais que aí exercem a sua atividade.

A Fernave tem os seus cursos reconhecidos pela IP - Infraestruturas de Portugal e pelo IMT - Instituto da Mobilidade e dos Transportes, contribuindo para o desenvolvimento e certificação de competências para o exercício de funções certificadas e com responsabilidade na segurança ferroviária.

Foram desde o início do ano realizadas 16 ações envolvendo cerca de 162 participantes e empresas, tais como: Alstom Portugal, Siemens, Brisa, Manvia, Indivisa, Inserail, Socicarril, Tecnovia, SMM, Neopul, Frutifer, Somafel, Perene, Sistopo, PDT, Thales, Vibeira, Alstom, EIP, entre outros, bem como, clientes individuais.