Fernave no COVID 19

A Fernave, em alinhamento com as orientações das entidades competentes e plano de contingência da empresa, suspendeu as ações de formação, exames de avaliação psicológica, reuniões e visitas, presenciais, durante o período decretado de estado de emergência, retomando-as quando oportuno, em função dos desenvolvimentos do impacto da pandemia do vírus COVID-19, na saúde pública.

Neste momento complicado, a saúde, segurança e bem-estar de toda a comunidade é prioridade da Fernave, e os elementos da equipa estão a funcionar em teletrabalho, com a adoção de novos hábitos de trabalho, aprendizagem e colaboração à distância.

Apesar das circunstâncias extraordinárias, a formação e inerente disseminação do conhecimento e o desenvolvimento das pessoas continuam a ser aspetos fundamentais para a competitividade presente e futura das empresas, e é neste sentido que irá continuar a trabalhar, trilhando caminho para se adaptar, em cada momento, às necessidades de qualificação e certificação das competências necessárias, ao desenvolvimento profissional e pessoal, dos clientes e seus profissionais, nesta nova realidade.