Formação em manuseamento seguro de equipamentos portuários

A Fernave ministrou, para os seus clientes Operestiva e Porlis, um conjunto de ações de formação em manuseamento de equipamentos portuários, contribuindo para uma condução e operação segura dos mesmos, as quais decorreram entre abril e junho.

Os equipamentos envolvidos foram reachstaker e top loader, pórticos e gruas (STS e Gottwald), respetivamente no Porto de Lisboa e Porto de Setúbal.

Foram habilitados cerca de 30 operadores portuários com formação teórica-prática, em contexto de trabalho, cujo plano de sessão teve uma maior incidência na componente prática, visando aperfeiçoar gestos e alinhar procedimentos, e desenvolvendo atitudes para um desempenho seguro.