Fernave assina contrato de 200 mil euros com o CFL - Caminhos de Ferro de Luanda

 

Foi assinado no passado dia 21 de Setembro, em Lisboa, o contrato entre a Fernave e o CFL para o desenvolvimento do primeiro grande projecto na área da formação para esta empresa. Trata-se de um curso de formação inicial para de cerca de 30 maquinistas.

Este curso, cujo conteúdo programático, desenvolvido pela Fernave, foi submetido à aprovação do INCFA – Instituto Nacional do Caminho de Ferro de Angola, entidade reguladora do sector ferroviário angolano, será o primeiro a obter a respectiva certificação oficial neste País.

 O curso inicia-se a 24 de Outubro, sendo a formação teórica e prática assegurada por formadores certificados da Fernave e irá decorrer ao longo de 6 meses.

Ainda no quadro da cooperação estabelecida entre as duas entidades, a Fernave está a apoiar o CFL na criação de um Centro de Formação, o qual será inaugurado com esta acção de formação de maquinistas, indo também assessorar esta operadora ferroviária angolana na obtenção da certificação deste Centro como o primeiro Centro de Formação Ferroviária em Angola, onde se possam vir a desenvolver e realizar acções de formação, em parceria com a Fernave, para outros operadores de transporte ferroviário angolanos e também, de outras áreas.                                                                              

A entrada oficial da Fernave em Angola, através deste contrato, representa o início da reconquista deste mercado com uma nova e forte presença no sector ferroviário angolano.